Fevereiro 11 2008

Ando sem sentimentos, que me fazem sentir pesada e me impedem de aproveitar ao máximo a vida em cada momento que vou construindo. Como se apenas cada instante importasse sem lamentações ou ansiedades. Sem convicções ou esperanças. Não é que não sinta, o segredo está precisamente em sentir de mais, em sentir tudo e em não querer nada. Como se agora me tivesse libertado de tudo aquilo que me prendia. Não importa para onde vamos mas sim o caminho que escolhemos. O orgulho faz-nos perder e a ilusão desperdiçar a vida. Porque me chamam de maluca? Porque não quero morrer santa…

publicado por bailys às 16:34

mais sobre mim
Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO